terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Plástico e noite

Não era lobo, não era nada.
Era um homem morto de fome.

Um comentário:

Magus Silva disse...

Pequeno, simples, poderia encher uma página. Parabéns.