segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Mas Quando Tu Falas em Destruição

"Vida de caleidoscópio: infinitas maneiras diferentes de ver a mesma coisa". Acordei com essa frase na cabeça às 7:15h da manhã. Atrasada de novo. O dia estava edificantemente bonito e era quase impossível ficar de mal humor. Quase.

Ando em uma fase bem estranha, meio revoltada com as coisas, querendo mudar tudo e agora. Para ser honesta, eu possivelmente só estou cansada. Não diria que a roda gigante, que é isso tudo, tá na parte baixa, mas também não posso dizer que está na alta, até porque não consigo enxergar, nem fazer ideia do que vem pela frente. Eu só estou indo. Barquinhos de papel.

- Vês a face da revolução quando olhas para mim?
- Não.
- Bem, deverias.

Nenhum comentário: