quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Two-ow-ow-nine!

"Então, esse é o Ano Novo e eu não me sinto nem um pouco diferente.
O tilintar do cristal, explosões distantes.
Então, esse é o Ano Novo e eu não tenho nenhuma resolução para a pena que eu mesma assinei para os problemas com soluções fáceis.
Então, todo mundo coloque seu melhor terno ou seu melhor vestido,
Vamos fazer de conta que somos ricos só desta vez.
Soltando fogos de artifício do gramado da frente,
Enquanto trinta diálogos difundem-se em um só.
Eu queria que o mundo fosse plano, como nos velhos tempos
Assim, eu poderia viajar o mundo apenas dobrando um mapa.
Sem aviões, ou tens-bala, ou auto-estradas
Não haveria distância para nos segurar.
Então, esse é o Ano Novo."


(Eu tenho o melhor pai do mundo. E essa é minha última chance, este ano, de te fazer entender.)
(Já são 02:15h do dia 31, então já é o último dia do ano, o blog que é uma bicha.)

Nenhum comentário: