domingo, 28 de dezembro de 2008

431

"- Vamos ver... Onde estou eu? - perguntou Alice para si mesma. Os sinais do caminho não ajudavam muito. Eles apontavam para todos os lugares.

Então, ela ouviu alguém cantando, e viu um par de olhos e uns dentes brilhando acima de sua cabeça. Devagarinho, o resto do corpo apareceu como que num passe de mágica!

- Ora! Você é um gato!
- Gato Risonho! - respondeu o gato antes que desaparecesse outra vez. Tudo que ficou dele foi seu sorriso malicioso. Alice achou tudo tão maluco que ela mal pôde perguntar em que direção deveria ir.
- Isso depende para onde você quer ir! - disse o Gato Risonho.
- Isso não importa realmente. - respondeu Alice.
- Então, também não importa o caminho que você escolher. - disse o Gato Risonho.
- Todavia, se está procurando pelo Coelho Branco, você deve perguntar pelo Chapeleiro Louco."


(Preciso achar o meu Coelho Branco, mas, onde tá o meu Chapeleiro Louco?)

Nenhum comentário: