segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

03:03

Dizem que quando as horas e os minutos são iguais, se pode fazer um pedido ou que tem alguém pensando em ti. Por via das dúvidas, sempre fiz um pedido, porque se existe mesmo alguém pensando em mim quando os horários se igualam, nunca me importou realmente.

Deixei de ser supersticiosa quando notei que isso não influenciava minha vida de verdade, e que não mudava nada se eu passasse em baixo de uma escada ou quebrasse espelhos. A única superstição que passei a acreditar desde então, é a que diz que a gente faz o nosso próprio destino.

Minha irmã me disse esses dias: "Eu acho que destino não é que tudo o que acontece é predeterminado, eu acredito que existem certas coisas que devem acontecer na tua vida, mas o caminho que tu fazes pra chegar até elas, é tu que escolhes'. E daí a charada tinha sido resolvida.

Percebi, então, que não preciso dos pedidos do relógio, posso guardar meus pedidos para mim e dar meu jeito de conseguir trazê-los para a realidade, sem dar nenhum mérito aos minutos que imitam as horas, porque eles não vão fazer que tudo se ajeite quando os ponteiros marcarem 03:04.

Um comentário:

Carmen disse...

Que massa!!!!

Sabe que eu não sabia disso, de fazer pedido quando os minutos e as horas se igualam? Mas acho que tua irmã tem razão. Tudo está predestinado, agora se vamos conseguir depende apenas da gente e dos caminhos que tomarmos. TE AMO filhote.

Beijocas