quinta-feira, 27 de março de 2008

Querida Lava-Louça,

Agradeço desde já os serviços prestados à minha família durante longos anos e reconheço que mereces férias. Mas peço que voltes a trabalhar o mais rápido possível, pois não gosto de ter meus dedos murchos pela água gordurosa da pia e as cutículas devastadas pelos produtos químicos usados nos detergentes de hoje em dia. Vale lembrar que desde sua saída, minhas unhas pararam de crescer, pois se recusam a serem pintadas de vermelho ou qualquer outra cor berrante e depois serem mergulhadas na Atlântida de pratos recém utilizados.
Atenciosamente, Juliana.

P.S.: Estamos morrendo de saudades.

Nenhum comentário: